Acabar com o excesso de flatulência no seu dia-a-dia

É desconfortável quando estamos em público, por exemplo, num elevador lotado de pessoas e deixamos libertar gases. Este artigo, infelizmente, não dá resposta de como contrariar a libertação de gases nestas situações, mas se acha que tem muita flatulência por dia, saiba como acabar com o excesso de flatulência.

Corpo de mulher que mostra as mãos na sua barriga.

Chamamos de gases (ou flatulência) o ar que se acumula no sistema digestivo e que pode é libertado através do ânus. Normalmente os gases não representam nenhuma preocupação para a saúde, mas, por vezes, podem causar desconforto, como, por exemplo, dores fortes no abdómen ou tórax, bem como momentos desagradáveis em público. 

Estima-se que um homem liberte entre 14 a 25 gases por dia, enquanto uma mulher 7 a 12 no mesmo período. Se a pessoa liberta mais gases do que esta média durante o dia, pode ter uma flatulência excessiva, que pode ser causada por diversos fatores.

Causas da flatulência

  • Abuso de alimentos açucarados
  • Fumar
  • Falar muito durante as refeições, o que motiva a entrada ar no estômago enquanto come
  • Tomar bebidas gaseificadas
  • Ter por hábito comer rápido.

Alimentos, como, o feijão, repolho, brócolos, couve-flor, uvas, passas, ameixas secas, lentilhas, cebola e maçãs podem levar mais tempo a serem digeridos, aumentando a quantidade de gases que a pessoa possa libertar durante a digestão. Por causa deste longo tempo, os gases também podem ter um cheiro desagradável.

Alimentos que não são absorvidos, ou seja, que passam do intestino ao cólon sem serem digeridos, também podem causar gases. Isto porque, no cólon há uma série de bactérias que fermentam esses alimentos não digeridos e libertam gases enquanto decorre esse processo.

Se a dieta é equilibrada e não contém grande quantidade de carboidratos ou açúcares, e a pessoa ainda apresenta flatulência excessiva, o sintoma pode estar ligado a outras condições médicas, tais como:

      • Prisão de ventre
      • Gastroenterite infecciosa
      • Intolerância alimentar, como a intolerância à lactose
      • Síndrome do intestino irritável
      • Doença celíaca
      • Alguns tipos de medicamentos
      • Doenças do aparelho digestivo
      • Intoxicações alimentares
Médico wallpaper, disponível para ajudar.

Quando precisa de um médico?

Se está a eliminar gases mais vezes do que o normal ou apresenta dores frequentes, deve procurar ajuda médica.

Outros fatores que, combinados com a presença dos gases, requerem contactar o médico são:

    • Dor abdominal prolongada
    • Sangue nas fezes
    • Mudanças na cor e textura das fezes
    • Perda de peso não intencional
    • Náusea ou vómitos recorrentes.

Caso os gases sejam muito frequentes e acabam por interferir na qualidade de vida do paciente, é importante falar sobre o sintoma com o médico clínico geral, pois existem tratamentos que podem minimizar o problema.

Quais os medicamentos mais comuns?

Os gases podem ter diversas causas, de modo que o tratamento varia de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico. Por isso, somente um especialista capacitado pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Os medicamentos mais comuns no tratamento de gases são:

    • Dimeticona
    • Dimezin
    • Dimezin Max
    • Flagass
    • Luftal (comprimido)
    • Motilium
    • Simeticona

Siga sempre todas as orientações do seu médico e nunca se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar o seu médico, seja responsável e siga as instruções da bula.

Prevenção

Não há uma forma efetiva para prevenir todos os gases, até porque é uma condição normal que faz parte da digestão. Contudo, ter uma dieta equilibrada, realizar exercício físico regular, não ingerir bebidas gaseificadas e outras medidas anteriormente mencionadas vão ajudar a acabar com o excesso de flatulência no seu dia-a-dia.

Texto retirado da Minha Vida.

Partilhe o artigo no facebook

Share on facebook