Conquistar um adolescente será difícil?

Veja como pode conquistar um adolescente através das dicas da nossa psicóloga Dra. Clara Alves. São apenas três recomendações, ora veja!

Como conquistar adolescentes.

A adolescência é, sem dúvida, uma fase fascinante onde os mais jovens rumam num sentido de descoberta com eles próprios e vivem constantes mudanças no seu dia-a-dia. Já não sendo crianças, contudo também não são adultos. Desta forma, estão num percurso que por fatores hormonais, emocionais e também cognitivos, passando pela construção da personalidade, parecem ser inacessíveis, complicados e provocadores. Deste modo, torna-se difícil para as famílias compreenderem e conquistarem os mais jovens.

A confusão sentida pelas famílias em lidarem com jovens neste processo não é sentida da mesma forma como para eles próprios. Na verdade, são eles quem passam pela mudança e não compreendem bem o que sentem e o que pensam, uma vez que estão numa dimensão nova e desconhecida. De repente, para além da família e escola, têm os amigos, as atrações “crushes” que se dividem também em atração física e/ou emocional. Têm a sexualidade que se manifesta de uma maneira nova, revelam ainda as inseguranças de criança e a confiança de quem acha que sabe tudo. Além disso, têm os modelos que idealizam e tentam imitar, têm… enfim… têm tantas coisas a acontecer ao mesmo tempo!

No meio disto tudo, segundo a Dra. Clara Alves, psicóloga da Ser e Crescer, há atitudes que resultam sempre na conquista e no cativar de um adolescente.

Leia atentamente as recomendações seguintes de como conquistar um adolescente:

  • Coerência – o adulto deve ser coerente no que diz e com o que exige consigo e com os outros. Revelar a capacidade de assumir quando erra, de pedir desculpa e manter uma atitude justa. De salientar que a justiça tem um valor moral, ao qual os adolescentes são particularmente sensíveis, uma vez que a estão a consolidar.

  • Compreensão – o adulto deve ter capacidade e interesse em ouvir e ter em consideração o que o jovem fala, como sendo uma opinião válida que decorre da sua (in)experiência;

  • Envolvimento Emocional – O adulto deve demonstrar afeto e procurar saber o que sente e pensa o adolescente, considerando-o como um indivíduo com opinião própria a quem queremos bem e nos dispomos a cuidar com respeito.

A crítica constante a um adolescente que busca o seu caminho no meio de uma realidade nova, conduz a um afastamento e isolamento daqueles que podem ser os seus melhores orientadores. Os adolescentes procuram referências, assim, recomendamos aos adultos, em especial, aos pais, que sejam a referência que os seus adolescentes procuram. Agora já sabe como conquistar 🙂

Siga as nossas redes sociais:

https://www.facebook.com/serecrescerclinica/

https://www.instagram.com/serecrescerclinica/

Partilhe o artigo no facebook

Share on facebook