fbpx

R. do Dom António José Cordeiro 52

3800-003 Aveiro, PORTUGAL

234 097 862 | geral@serecrescer.pt

Fale connosco no chat!

Segunda a Sexta-feira: 10:30 - 12:30 | 14:00 - 20:00

A sua saúde é importante!

O Bebé pode comer alimentos a partir de que idade?

O bebé pode comer alimentos a partir dos 6 meses, embora com alguns cuidados especiais. Nos primeiros meses de vida o bebé deve apenas ingerir leite materno, pois é essencial para o desenvolvimento saudável. Saiba o que precisa de saber ao ler o artigo!

Com que idade o bebé pode comer alimentos?

Geralmente, o bebé necessita de 6 refeições diárias: pequeno-almoço, lanche a meio da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. Ainda assim, alguns bebés podem sentir a necessidade de mamar durante a noite, acabando por fazer mais uma refeição.​​

A alimentação do bebé inicia-se com leite materno ou biberon até aos 4-6 meses. Depois, a pouco e pouco, vão sendo introduzidos alimentos mais sólidos, como, por exemplo, purés e alimentos semissólidos. A partir dos 8 meses de idade, a maioria dos bebés já consegue agarrar os alimentos nas mãos e levá-los à boca. Por fim, a partir dos 12 meses, normalmente, já conseguem consumir os mesmos alimentos que os adultos.

Alimentação aos 6 meses

Normalmente, como referimos anteriormente, aos 6 meses, é a idade que o bebé pode comer alimentos. O bebé começa a manifestar os primeiros sinais de estar pronto para começar a comer quando observa e revela interesse por comida, procurando agarrar os alimentos ou, até mesmo, levá-los à boca. De salientar que é importante começar a alimentação apenas quando o bebé conseguir sentar-se sozinho, de forma a evitar engasgamento.

Não se esqueça que a introdução de alimentos deve ser separada, com intervalo de alguns dias, para que possa detetar alguma intolerância ou a sua aceitação. Deve ter em conta também se o bebé não demonstrou algum tipo de alergia, vómitos ou diarreia.

Como preparar as refeições?

É indicado preparar as refeições do bebé de forma separada da família. O ideal é refogar a cebola com um pouquinho de azeite extra virgem e depois adicionar a água e os legumes (2 ou 3 diferentes para cada sopa ou puré). Posteriormente, deve amassar tudo com um garfo e deixar numa consistência não muito líquida, para evitar que o bebé se engasgue. Este pode ser um exemplo de almoço e jantar.

Para os lanches pode-se oferecer iogurte natural, sem açúcar, e complementar com uma fruta amassada, como a banana ou maçã raspada. A papa deve ser preparada conforme as instruções da embalagem porque algumas devem ser preparadas com água e outras com leite, que pode ser leite materno ou leite adapto, de acordo com a idade do bebé.

Alimentos que o bebé não pode comer

O bebé não pode comer doces, alimentos açucarados, alimentos fritos, refrigerante e molhos muito condimentados antes de 1 ano de idade, isto porque, podem ser prejudiciais ao seu desenvolvimento. Em breve exploraremos esta temática mais aprofundada noutro artigo.

Conclusão

Nas primeiras semanas, após os 6 meses, é recomendado que os alimentos sejam bem triturados e coados. Ao observar o comportamento do bebé face aos alimentos deve progredir a consistência dos alimentos aos poucos, quando o bebé é capaz de comer a consistência atual sem se engasgar.

Varicela, o vírus clássico da infância.

Varicela, o vírus clássico da infância

Grande parte das pessoas contrai a varicela na infância, uma vez que é um vírus muito contagioso. Saiba como reconhecer os sintomas, as suas implicações para mulheres grávidas e os cuidados a ter.

Ler Mais »
Conheça quais as vacinas para as crianças.

Conheça quais as vacinas para as crianças

Grande parte das vacinas devem ser tomadas até aos primeiros 15 meses de vida do bebé. As crianças têm de ser submetidas à vacinação, de forma a fortalecer o seu sistema imunológico e para um crescimento saudável ao longo da vida. Neste artigo saiba quais as vacinas para as crianças e as respetivas idades a serem tomadas.

Ler Mais »

Partilhe o artigo no facebook

Share on facebook

Newsletter

O nosso dever como médicos passa também por informar e alertar as pessoas para eventuais situações que possam prejudicar a sua saúde. Se quer estar bem informado e manter uma vida saudável, assine o formulário!