Alergia, intolerância e hipersensibilidade alimentar

Alergia, intolerância e hipersensibilidade alimentar

Atualmente, existe uma grande diversidade alimentar, contudo nem sempre o organismo reage da mesma forma à ingestão de um alimento ou aditivo alimentar, dando origem a uma reação alimentar adversa. Esta pode ser classificada como intolerância alimentar ou alergia alimentar ou hipersensibilidade alimentar, consoante o mecanismo fisiopatológico da reação. É comum na população existir algum desconhecimento das diferenças entre estes termos.

O que é uma alergia alimentar?

As alergias alimentares afectam cerca de 5-6% das crianças e 3-4% dos adultos, a sua incidência tem vindo a aumentar. Estas resultam de fatores genéticos (não modificáveis), ambientais, alimentares e ocorre quando o sistema imunológico reconhece erradamente um alimento como uma entidade agressora ao organismo, originando uma resposta anormal ou exagerada. A fração de um alimento que é responsável pela reação alérgica denomina-se por alergénio. As manifestações clínicas podem variar de moderadas a graves, podendo mesmo, em alguns casos, ser fatais. Os sintomas surgem rapidamente após a ingestão do alergénio, e podem incluir manifestações cutâneas (pele e mucosas), respiratórias, gastrointestinais e cardiovasculares, de forma isolada ou combinada.

Mas, afinal, o que é uma intolerância alimentar?

Por outro lado, a intolerância alimentar ocorre após a exposição a um determinado alimento, mas que ao contrário da alergia alimentar não envolve o sistema imunológico. Por exemplo, quando há intolerância à lactose, há uma incapacidade do próprio organismo para a digestão da lactose, neste caso por falta ou diminuição de uma enzima – lactase. As manifestações podem variar entre diarreia, flatulência e dor ou desconforto abdominal. 

Por fim, o que é a hipersinsibilidade alimentar?

Assim, a hipersensibilidade pode ser alérgica ou não-alérgica, conforme apresentem ou não mecanismo imunológico. Caso estejamos perante um cenário de hipersensibilidade alérgica a um determinado alimento, podemos assumir que este termo é um sinónimo de alergia alimentar. No entanto, quando os mecanismos imunológicos responsáveis pela mesma ainda não foram comprovados estas denominam-se reações de hipersensibilidade não alérgica e não se relacionam com as alergias.

Partilhe o artigo no facebook

Share on facebook