O que é estar em depressão?

Estar em depressão é um estado de angústia e sofrimento constante no dia a dia. São fragmentos de episódios da nossa vida que nos fazem perturbar e entristecer. Por esse motivo, pedir ajuda às pessoas que nos rodeiam e, em especial, a um psicólogo é um passo importante para dizer basta!

O que é estar em depressão?

Em primeiro lugar, salientamos que uma depressão é um estado emocional grave para o ser humano. É uma doença psicológica que impede uma pessoa de ter vontade em realizar as suas atividades no seu dia a dia e, consequentemente, de ser feliz. Assim, a depressão é o acumular de um conjunto de emoções negativas, sentimentos e vivências que se traduzem num transtorno psicológico. O estado depressivo, geralmente, é natural acontecer quando há episódios na nossa vida que deixam marcas profundamente negativas na nossa memória que nos remetem para traumas.

O que é um trauma?

Um trauma psicológico é um dano provocado por um evento que o ser humano percebe como demasiado perturbador do seu bem-estar, quer seja pelo medo que o evento produz, quer seja por outra emoção como a tristeza. Por isso, podemos assumir que a principal causa da depressão são os momentos anteriormente vividos que implicam com o nosso dia a dia. Não há depressão sem que haja causas no passado, assim, é importante não confundir tristeza com depressão.

Quais os sinais de estar em depressão?

  • Angústia e tristeza que se prolonga há várias semanas ou meses consecutivos;
  • Fadiga, cansaço e perda de energia;
  • Sentimentos de inutilidade, de falta de confiança e de autoestima;
  • Falta ou excesso de apetite;
  • Perturbação do sono;
  • Preocupações recorrentes;
  • Desinteresse e apatia;
  • Diminuição do desejo sexual;
  • Irritabilidade;
  • Manifestação de sintomas físicos, como dores musculares, dores abdominais, entre outros.

As mulheres são mais propensas a apresentarem depressão que os homens, embora as explicações para esse facto não sejam claras. Entre os fatores físicos, os hormônios são os mais associados à depressão. Alterações nos níveis hormonais podem causar alterações no humor um pouco antes da menstruação (como parte da síndrome pré-menstrual), durante a gravidez e depois do parto. Algumas mulheres ficam deprimidas durante a gravidez ou durante as quatro primeiras semanas após o parto (melancolia pós-parto ou, se a depressão for mais séria, depressão pós-parto.

O que pode esperar da Ser e Crescer – Serviços Clínicos para ajudar a ultrapassar a depressão?

A Ser e Crescer – Serviços Clínicos tem uma equipa de psicólogos capaz de dar resposta a estes desafios. Contamos com profissionais experientes e com resultados comprovados que permitem orientar o paciente a melhorar o rumo da sua vida. Quando surgem este tipo de casos é necessário realizar consultas de psicoterapia, de forma a tratar os traumas do passado.

A psicoterapia em si pode ser tão eficaz quanto a farmacoterapia no caso de depressão leve. A psicoterapia individual pode ajudar a pessoa depressiva a retomar de modo gradual as suas antigas responsabilidades e a adaptar-se às pressões normais da vida. A terapia interpessoal concentra-se nos papéis sociais passados e presentes da pessoa, identificando problemas com o modo como a pessoa interage com outras pessoas e oferece orientação conforme a pessoa se ajusta às alterações nos papéis da vida. A terapia cognitivo-comportamental pode ajudar a eliminar o desespero e os pensamentos negativos.

Ao estar em depressão deve procurar ter uma postura colaborativa com os nossos psicólogos, de maneira a ser possível identificar as causas e encontrar possíveis hipóteses de ajudar a libertá-lo desse transtorno. Lembre-se de que as depressões são possíveis de tratar e conseguir evitar males maiores, através de um aconselhamento certo e dedicado a si.

Conclusão

É fundamental quando se encontra em depressão pedir auxílio, pois a depressão pode levar a situações extremas, como por exemplo, o suicídio. A depressão tem cura, por isso, nunca desista e lute para resolver o momento que está a atravessar. Não deixe que os traumas do passado importunem o presente e o futuro da sua vida.

O que pode causar uma gravidez de risco.

O que pode causar uma gravidez de risco?

Uma gravidez de risco é aquela na qual estão presentes, ou se revelam, condições desfavoráveis que oferecem risco para a saúde da mãe ou do feto. O desfecho pode ser a mortalidade da mãe, do feto (ou recém-nascido), seja antes, durante ou no pós-parto.

Ler Mais »
O meu filho não me respeita.

O meu filho não me respeita

O meu filho não me respeita e agora o que faço? Não se preocupe, a irreverência faz parte de um crescimento saudável! Contudo, quando os pais começam a perder o controlo das ações dos filhos tudo pode correr mal. Descubra alguns sinais e como pode contornar este problema!

Ler Mais »
Manchas vermelhas na pele por causa do calor.

Manchas vermelhas na pele por causa do calor?

Parece que os dias quentes estão para continuar, contudo algumas manchas vermelhas na pele estão a incomodar os seus dias de verão e isso não é bom! Conheça as nossas recomendações para manter a sua pele saudável durante o verão.

Ler Mais »

Partilhe o artigo no facebook

Share on facebook